SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1Contribuições do serviço de capelania ao cuidado de pacientes terminaisViolência contra a mulher e a prática assistencial na percepção dos profissionais da saúde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Texto & Contexto - Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-0707

Resumo

SOUZA, Ester Sena et al. Mortalidade e riscos associados a infecção relacionada à assistência à saúde. Texto contexto - enferm. [online]. 2015, vol.24, n.1, pp.220-228. ISSN 0104-0707.  http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072015002940013.

A infecção relacionada à assistência à saúde é uma das principais causas de morbimortalidade entre pacientes hospitalizados. O objetivo deste estudo epidemiológico foi determinar a mortalidade e os riscos associados ao óbito de pacientes adultos com infecção relacionada à assistência à saúde, internados em um hospital-escola no período de um ano. Dados dos pacientes foram coletados das fichas de notificação de infecções. A taxa de mortalidade associada a essas infecções foi de 38,4%, classificadas como fator contribuinte em 87,1% dos óbitos. A associação das infecções relacionadas à assistência à saúde com o óbito foi estatisticamente significativa entre pacientes clínicos (41,3%), que apresentavam comorbirdades associadas ao diagnóstico (55,8%), com infecção cardiovascular (62,2%), pneumonia (48,9%), que evoluíram com sepse (69,0%), colonizados (45,2%) ou infectados (44,7%) por microrganismos multirresistentes. Concluiu-se que as infecções contribuíram para o óbito da maioria dos pacientes.

Palavras-chave : Infecção hospitalar; Epidemiologia; Mortalidade; Fatores de risco.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )