SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número4SER A SOMBRA* - A CONSCIÊNCIA DE SI DO ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: UM ESTUDO DE CASOPESSOAS IDOSAS EM ATENDIMENTO AMBULATORIAL: MOTIVOS QUE LEVAM A ADESÃO/NÃO ADESÃO AOS MEDICAMENTOS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Texto & Contexto - Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-0707versão On-line ISSN 1980-265X

Resumo

SOUSA, Luana Savana Nascimento de et al. ALTERAÇÃO DOS NÍVEIS DE PRESSÃO ARTERIAL EM UNIVERSITÁRIOS. Texto contexto - enferm. [online]. 2015, vol.24, n.4, pp.1087-1093.  Epub 24-Nov-2015. ISSN 1980-265X.  https://doi.org/10.1590/0104-0707201500003730014.

Objetivou-se avaliar os níveis pressóricos em universitários e sua relação com o nível socioeconômico, o estilo de vida e os dados bioquímicos. Trata-se de um estudo descritivo, transversal, desenvolvido com 550 estudantes de uma universidade pública de Picos-PI, em 2013. Foi aplicado um formulário contendo dados socioeconômicos, estilo de vida, medida da circunferência abdominal, pressão arterial, níveis séricos de glicemia de jejum, triglicerídeos e HDL-colesterol. Observaram-se níveis pressóricos elevados em 21,5% do sexo masculino e 2,2% nas mulheres, com representação significante (p<0,0001). Houve associação estatisticamente significante para o tabagismo (p<0,0001) e para o consumo de áloccol (p<0,0001) com a pressão arterial sistólica e diastólica, bem como para a circunferência abdominal (p=0,0039). Assim, pensando na qualidade de vida dos próximos anos, é importante observar a necessidade de implementação de medidas que promovam mudanças no estilo de vida com aquisição de hábitos saudáveis.

Palavras-chave : Estudantes; Fatores de risco; Pressão arterial.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )