SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número3CALIDAD DE VIDA EN LOS PRIMEROS SEIS MESES POST-TRANSPLANTES DE CÉLULAS-TRONCO HEMATOPOÉTICASCONSTRUCCIÓN Y APLICACIÓN DE UN TÉRMINO DE CONSENTIMIENTO: RELATO DE EXPERIENCIA índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Texto & Contexto - Enfermagem

versión impresa ISSN 0104-0707versión On-line ISSN 1980-265X

Resumen

TOMASCHEWSKI-BARLEM, Jamila Geri et al. ADVOCACIA DO PACIENTE NA ENFERMAGEM: BARREIRAS, FACILITADORES E POSSÍVEIS IMPLICAÇÕES. Texto contexto - enferm. [online]. 2017, vol.26, n.3, e0100014. ISSN 1980-265X.  http://dx.doi.org/10.1590/0104-0707201700010001.

Objetivo:

realizar uma reflexão acerca das barreiras, facilitadores e possíveis implicações do exercício da advocacia do paciente pelos enfermeiros.

Resultados:

essa reflexão resulta de uma leitura minuciosa da literatura internacional acerca da advocacia do paciente, acrescida de estudos nacionais e internacionais acerca do sofrimento moral e suas relações com o exercício da advocacia.

Conclusão:

as barreiras diante do exercício da advocacia do paciente são notórias, pautando-se na própria estrutura organizacional das instituições de saúde e nas relações de poder entre equipes médica e de enfermagem, desafiando e desencorajando os enfermeiros a agirem de acordo com seus conhecimentos e consciências, implicando, muitas vezes, em situações reconhecidas como de sofrimento moral.

Palabras clave : Advocacia em saúde; Enfermagem; Ética em enfermagem.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )