SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25Risk classification priorities in an emergency unit and outcomes of the service providedComparison of education group strategies and home visits in type 2 diabetes mellitus: clinical trial author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169On-line version ISSN 1518-8345

Abstract

SIQUEIRA, Lillian Dias Castilho et al. Validação do MISSCARE-BRASIL - instrumento para avaliar omissão de cuidados de enfermagem. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2017, vol.25, e2975.  Epub Dec 21, 2017. ISSN 1518-8345.  https://doi.org/10.1590/1518-8345.2354.2975.

Objetivo:

analisar as propriedades métricas de validade e confiabilidade do instrumento MISSCARE-BRASIL.

Método:

pesquisa metodológica conduzida pela avaliação da validação de construto e confiabilidade, por meio da análise fatorial confirmatória; validação de grupos conhecidos, validação de construto convergente, análise da consistência interna e confiabilidade teste-reteste. A amostra consistiu de 330 profissionais de enfermagem, dos quais 86 participaram da fase reteste.

Resultados:

Dos 330 participantes, 39,7% eram auxiliares, 33% técnicos, 20,9% enfermeiros e 6,4% enfermeiros com funções administrativas. A análise fatorial confirmatória demonstrou que a versão brasileira do instrumento é, adequadamente, ajustada à estrutura dimensional proposta pelos autores do instrumento original. A correlação entre “satisfação com a função” e “satisfação com o trabalho em equipe” e as variáveis de omissão do cuidado foram moderadas (coeficiente de correlação de Spearman = 0,35; p<0,001). Os resultados do teste t de Student indicaram a validade de grupos conhecidos. Profissionais de unidades fechadas relataram menores níveis de omissão do cuidado em comparação com as outras unidades. A análise da confiabilidade evidenciou fortes correlações, com exceção de “estilo de gerenciamento/liderança institucional” (coeficiente de correlação intraclasse (ICC)=0,15; p=0,04). A consistência interna foi adequada (alfa de Cronbach maior do que 0,70).

Conclusão:

o MISSCARE-BRASIL mostrou-se válido e confiável no grupo estudado. A aplicação do MISSCARE-BRASIL pode contribuir na identificação de soluções para a omissão do cuidado de enfermagem.

Keywords : Estudos de Validação; Cuidados de Enfermagem; Pesquisa Metodológica em Enfermagem; Segurança do Paciente; Enfermagem; Análise Fatorial.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese | Spanish     · English ( pdf ) | Spanish ( pdf ) | Portuguese ( pdf )