SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2Educational practices of services for sex workers in PortugalIntervention with families in breach of the conditions imposed by the Brazilian Family Allowance Program author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Saúde e Sociedade

Print version ISSN 0104-1290On-line version ISSN 1984-0470

Abstract

VAZQUEZ-COLUNGA, Julio César et al. Saúde Mental Positiva Ocupacional: proposta de modelo teórico para abordagem positiva da saúde mental no trabalho. Saude soc. [online]. 2017, vol.26, n.2, pp.584-595. ISSN 1984-0470.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-12902017169061.

Propõe-se um modelo teórico para a abordagem da saúde mental positiva ocupacional baseado na psicologia positiva, a psicologia ecológica, a salutogênese e o humanismo. O modelo compreende uma estrutura de seis fatores: bem-estar pessoal no trabalho, relações interpessoais positivas no trabalho, filosofia da vida laboral, empoderamento no trabalho, fortalezas pessoais no trabalho, e imersão no serviço; que é traduzido em quatro dimensões: cognitiva, socioafetiva, de comportamento e espiritual. Para fundamentar essa proposta, foi realizada uma análise dos dois principais posicionamentos referentes a saúde mental: o tradicional, predominantemente negativo, centrado na supressão ou ausência de doença, e o positivo, focado na promoção da saúde e desenvolvimento de círculos virtuosos. Derivado da análise, encontramos uma postura mista e vazios teóricos que justificam a proposta de um modelo autenticamente positivo. Finalizamos com algumas conclusões e implicações práticas de relevância para esse tema.

Keywords : Saúde Mental; Saúde Ocupacional; Promoção da Saúde; Trabalho.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese | Spanish     · Spanish ( pdf ) | Portuguese ( pdf )