SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número3Saúde é colocar-se em risco: normatividade vital em Georges CanguilhemNarrativas sobre risco e culpa entre usuários e usuárias de um serviço especializado em infecções por HIV: implicações para o cuidado em saúde sexual índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Saúde e Sociedade

versão impressa ISSN 0104-1290versão On-line ISSN 1984-0470

Resumo

NORMAN, Armando Henrique; HUNTER, David J.  e  RUSSELL, Andrew J.. Ligando a estratégia preventiva de alto-risco ao mercado da indústria biomédica: implicações para a saúde pública. Saude soc. [online]. 2017, vol.26, n.3, pp.638-650. ISSN 1984-0470.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-12902017172682.

Este artigo aborda os conceitos de Geoffrey Rose sobre estratégia preventiva como base para análise teórico-crítica da abordagem atual para a prevenção de doenças. A proposta de Rose de um “continuum de risco e severidade” ampliou as possibilidades das ações preventivas ao classificar duas abordagens: a estratégia de alto risco (EAR) e a estratégia populacional (EP). Ambas produzem paradoxos: a EAR, apesar de apresentar boa relação dano-benefício, oferece pouco impacto para a saúde pública; a EP tem maior impacto sobre a saúde pública, mas oferece benefícios mínimos em nível individual. Argumentamos que a EAR tem sido mal utilizada ao reduzir pontos de corte para intervenções preventivas para impactar a morbimortalidade atribuída a doenças específicas. Isso tende a medicalizar a prevenção, produzindo mais fenômenos relacionados à doença por meio de técnicas de rastreamento, induzindo reações afetivas individuais que exigem ação no presente para garantir melhor saúde no futuro. Tal contexto abre caminho para a prática de uma medicina preventiva especulativa, que percebe a saúde como mercadoria, mas ignora suas implicações para os serviços de saúde pública.

Palavras-chave : Prevenção de Doenças; Saúde Pública; Prevenção Quaternária; Medicalização; Mercantilização; Medicina Baseada em Evidências.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )