SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número107Ampliação da obrigatoriedade escolar no Brasil: o que aconteceu com o Ensino Médio?Política educacional, violência e convivencia escolar. A experiência em duas escolas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

versão impressa ISSN 0104-4036versão On-line ISSN 1809-4465

Resumo

BARTHOLO, Tiago Lisboa; KOSLINSKI, Mariane Campelo; COSTA, Marcio da  e  BARCELLOS, Thais. O que as crianças sabem ao ingressarem na pré-escola na cidade do Rio de Janeiro?. Ensaio: aval.pol.públ.Educ. [online]. 2020, vol.28, n.107, pp.292-313.  Epub 28-Nov-2019. ISSN 1809-4465.  https://doi.org/10.1590/s0104-40362019002702071.

O artigo discute a necessidade de estudos com desenho longitudinal e de uma linha de base para a construção de modelos de valor agregado para avaliar o impacto de políticas e práticas escolares na pré-escola e nos primeiros anos do ensino fundamental. O objetivo da análise foi identificar fatores da origem familiar e de experiência prévia na creche correlacionados ao ponto de partida das crianças na pré-escola. Os modelos de regressão multivariadas indicam que: a) idade é um importante preditor para o desenvolvimento cognitivo das crianças no ingresso do período obrigatório de escolarização; b) educação dos pais é o principal preditor considerando as características da família; c) o indicador de ambiente educativo do lar sugere uma associação positiva com o teste cognitivo, mesmo após controle das variáveis socioeconômicas e idade.

Palavras-chave : Educação infantil; Estudos longitudinais; Oportunidades educacionais; Desigualdades/desvantagens educacionais.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )