SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número107O que as crianças sabem ao ingressarem na pré-escola na cidade do Rio de Janeiro?Condições pedagógicas para a formação da competência em línguas estrangeiras de crianças em idade prévia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

versão impressa ISSN 0104-4036versão On-line ISSN 1809-4465

Resumo

OLVERA, Adriana Carro  e  GUTIERREZ, José Alfonso Lima. Política educacional, violência e convivencia escolar. A experiência em duas escolas. Ensaio: aval.pol.públ.Educ. [online]. 2020, vol.28, n.107, pp.314-334.  Epub 30-Mar-2020. ISSN 1809-4465.  https://doi.org/10.1590/s0104-40362019002701955.

Diante dos resultados ineficazes demonstrados pela abordagem corretiva para enfrentar o fenômeno da violência escolar, surgiram propostas orientadas à prevenção, demostrando que é melhor prevenir as condutas antissociais do que corrigi-las. Nesse contexto, a questão da convivência escolar foi registrada como uma ferramenta de trabalho bem recebida pela academia e pelas instituições no México. Dessa maneira, o objetivo da pesquisa foi identificar a política educacional orientada ao desenvolvimento da convivência em duas escolas com contextos diferentes da Educação Básica do Estado de Tlaxcala, México. O método de trabalho consistiu em duas etapas: 1) diagnóstico da situação de violência escolar e 2) a identificação da implementação de uma política para convivência escolar. Os resultados demonstraram situações de violência e distintas estratégias implementadas onde os docentes e os diretores são identificados como atores vertebrais da política educacional proposta.

Palavras-chave : Política educacional; Convivência escolar; Escola; Inclusão.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )