SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 número6Quais fatores realmente afetam a qualidade de vida dos portadores de queloide?Síndrome do homem no barril, uma diplegia amiotrófica braquial proximal simétrica relacionada a doença do neurônio motor: a propósito de nove casos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Associação Médica Brasileira

versão impressa ISSN 0104-4230

Resumo

HAUN, Danilo Ramos; PITANGA, Francisco José Gondim  e  LESSA, Ines. Razão cintura/estatura comparado a outros indicadores antropométricos de obesidade como preditor de risco coronariano elevado. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2009, vol.55, n.6, pp.705-711. ISSN 0104-4230.  https://doi.org/10.1590/S0104-42302009000600015.

OBJETIVO: Comparar a razão cintura/estatura (RCEst) com os demais indicadores antropométricos de obesidade: circunferência da cintura (CC), razão circunferência cintura/quadril (RCCQ), índice de conicidade (Índice C), índice de massa corporal (IMC) para discriminar o risco coronariano elevado (RCE). MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado em Salvador, Brasil, em 2000, em subgrupo de participantes do projeto "Monitoramento das Doenças Cardiovasculares e da Diabetes no Brasil" (MONIT). A amostra foi composta por 968 pessoas (391 homens e 577 mulheres), com idade entre 30 a 74 anos. Inicialmente, foi identificada a área total sob a curva ROC entre o Índice C, RCCQ, RCEst, CC, IMC e RCE. Utilizou-se intervalo de confiança a 95%. Na sequência, foram calculadas a sensibilidade e especificidade. Todas as análises foram feitas através do programa STATA 7.0. RESULTADOS: As áreas sob as curvas ROC encontradas para os indicadores de obesidade foram Índice C 0,80, RCCQ 0,76, RCEst 0,76, CC 0,73, e IMC 0,64, para homens e, Índice C 0,75, RCCQ 0,75, RCEst 0,69, CC 0,66 e IMC 0,59 para mulheres. CONCLUSÃO: Os indicadores de obesidade abdominal são melhores para discriminar RCE que o indicador de obesidade generalizada (IMC) e que a RCEst possui valores próximos aos encontrados em outros estudos e é uma medida com representação estatística significante que justifica a sua utilização.

Palavras-chave : Obesidade; Pesos e medidas corporais; Antropometria.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons