SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 número9Malformação arteriovenosa gigante de escalpoFuturo reprodutivo após tratamento quimioterápico da neoplasia trofoblástica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Associação Médica Brasileira

versão impressa ISSN 0104-4230versão On-line ISSN 1806-9282

Resumo

SOUZA, MARCIO et al. Composição corporal em adultos com neurofibromatose tipo 1. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2016, vol.62, n.9, pp.831-836. ISSN 1806-9282.  https://doi.org/10.1590/1806-9282.62.09.831.

Objetivo

avaliar a composição corporal e o estado nutricional de adultos com neurofibromatose tipo 1 (NF1).

Método

estudo transversal com 60 pacientes com NF1 (29 homens, 31 mulheres) com idade ≥ 18 anos que foram avaliados de setembro de 2012 a setembro de 2013 em um Centro de Referência em Neurofibromatoses. Pacientes foram submetidos à avaliação nutricional, incluindo medidas de peso, estatura, circunferência da cintura (CC), circunferência do braço e dobras cutâneas (bíceps, tríceps, subescapular, suprailíaca). Índice de massa corpórea (IMC), área total do braço (ATB), área muscular do braço (AMB), área adiposa do braço (AAB), percentual de gordura, massa gorda, massa livre de gordura, índice de massa gorda e índice de massa livre de gordura foram calculados.

Resultados

a idade média da amostra foi de 34,48±10,33 anos. A prevalência de baixa estatura foi 28,3%. Baixo peso esteve presente em 10% da amostra e 31,7% apresentaram IMC ≥ 25 kg/m2. A AMB reduzida esteve presente em 43,3% e não foram encontradas diferenças na AAB entre os sexos. O percentual de gordura foi considerado alto em 30% da amostra, e 28,3% apresentaram CC acima dos pontos de corte da Organização Mundial de Saúde.

Conclusão

neste estudo, pacientes com NF1 apresentaram alta prevalência de baixo peso, baixa estatura e AMB reduzida, sem diferenças entre os sexos. AMB reduzida foi mais prevalente em pacientes com baixo peso, no entanto também foi observada em pacientes com peso normal ou sobrepeso. Estudos futuros devem investigar a distribuição de tecidos corporais na NF1, incluindo diferenças entre sexos, e a influência da nutrição nas manifestações clínicas da doença.

Palavras-chave : neurofibromatose tipo 1; estado nutricional; antropometria; composição corporal; adulto.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )