SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número1A aplicação da Linguagem de Modelagem Unificada (UML) para o suporte ao projeto de sistemas computacionais dentro de um modelo de referênciaComo o TQM opera e o que muda nas empresas? Um estudo a partir de empresas líderes no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Gestão & Produção

versão impressa ISSN 0104-530Xversão On-line ISSN 1806-9649

Resumo

COSTA, Deise Maria Bertholdi et al. Técnicas da pesquisa operacional aplicadas na otimização dos serviços postais. Gest. Prod. [online]. 2001, vol.8, n.1, pp.37-55. ISSN 1806-9649.  https://doi.org/10.1590/S0104-530X2001000100004.

O presente trabalho apresenta uma metodologia para a otimização do serviço de entrega de correspondências realizado pela Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) a partir da aplicação de algumas técnicas da Pesquisa Operacional. Como o serviço de entrega e as etapas que o antecedem (separação e ordenação dos objetos) são realizadas manualmente, existe a necessidade de otimizá-las e isto é possível redefindo-se as regiões de atendimento para cada carteiro. Para tanto, o problema foi tratado como um problema de roteamento de veículos. Vários algoritmos clássicos foram utilizados; inicialmente para definir as áreas de atendimento dos carteiros, chamados de distritos postais e, a seguir, para estabelecer o roteiro de entrega das correspondências, considerando, nesta fase, as distâncias reais entre os pontos de entrega. Vários testes computacionais foram realizados, variando-se os algoritmos e parâmetros iniciais e suas respostas comparadas através das distâncias totais e de tempos computacionais, determinando-se, assim, os algoritmos com melhores desempenhos.

Palavras-chave : problema de roteamento de veículos; clusters; rotas ótimas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons