SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue4Delicious, healthy, and good for digestion: medical discourse present in the consumption of fruit, preserves, and compotes in sixteenth-century Portuguese AmericaFacing austerity: the decline in health access and quality of care for patients with cancer in Portugal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

Print version ISSN 0104-5970On-line version ISSN 1678-4758

Abstract

DENIPOTI, Cláudio. Tradutores médicos e a ideia de tradução em Portugal em fins do século XVIII: o caso dos livros de medicina. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2017, vol.24, n.4, pp.913-931. ISSN 1678-4758.  https://doi.org/10.1590/s0104-59702017000500004.

O estudo demonstra como as traduções para a língua portuguesa influenciaram o mercado editorial, além de tentar compreender o estabelecimento da norma culta da língua portuguesa em fins do século XVIII. Fazendo um recorte temático sobre os textos de medicina, no universo de obras traduzidas, publicadas ou não, para o português no período 1770-1810, recorre aos paratextos dos tradutores - e, eventualmente, editores - dos livros médicos ou farmacêuticos, cruzando-os com as censuras dessas obras, feitas por médicos especialmente designados pelos órgãos de censura, ou por médicos/censores, a fim de buscar respostas, ainda que parciais, às perguntas sobre a circulação da palavra impressa, à difusão do conhecimento científico e aos debates relativos à definição da língua portuguesa.

Keywords : tradução; medicina; século XVIII; história da palavra escrita; Império português..

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )