SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número68Mobilidade dos textos e diversidade das línguas: Traduzir nos séculos XVI e XVIIOf the Indiff erence between Temporal and Eternal: Indigenous Elites, Textual Culture and Memory in the South American Borderlands índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Varia Historia

versão impressa ISSN 0104-8775versão On-line ISSN 1982-4343

Resumo

JOUHAUD, Christian. Literatura da experiência no século XVII. Varia hist. [online]. 2019, vol.35, n.68, pp.443-459.  Epub 16-Maio-2019. ISSN 1982-4343.  http://dx.doi.org/10.1590/0104-87752019000200004.

"L'espèce de journal" deixado por Marie Du Bois (1601-1679) parece se situar na categoria “escritos do foro íntimo”, mas é utilizado neste artigo para questionar o fundamento dessa categoria. Partindo da pergunta sobre as perspectivas de transmissão presentes neste texto, trata-se de medir sua capacidade de assegurar a presença distanciada de uma experiência. Mas a percepção desta presença recoloca a questão sobre o ato de leitura que somos capazes de produzir, a três séculos e meio de distância. A partilha do sentido como presença do passado - a impressão de “ver” o que é contado - depende de escolhas de escrita operadas pelo autor, cuja eficácia atravessa o tempo: diálogos, narrativas “romanescas”, traços autobiográficos. Assim, é a relação entre testemunho e literatura, abordada a partir da noção de “sociedade na literatura”, que postula uma continuidade situada, ou seja, historicamente observável.

Palavras-chave : experiência; testemunho; literatura; escrita; transmissão; século XVII.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português | Francês     · Português ( pdf ) | Francês ( pdf )