SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número2Atravessando pessoas no noroeste amazônicoFlutuações semânticas no mundo atlântico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

NIEMEYER, Thiago. Brigas de família e a dinâmica do parentesco entre judeus do Suriname. Mana [online]. 2014, vol.20, n.2, pp.307-330. ISSN 1678-4944.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-93132014000200004.

O artigo a seguir trata, do ponto de vista etnográfico, das "brigas" (familievete/vechten) entre famílias judaicas em Paramaribo, capital do Suriname. A "briga" é entendida, no contexto etnográfico em questão, como momento não apenas de ruptura, mas de surgimento de novas alianças através da "tomada de lados" (partij kiezen /deel te nemen). Parentelas não atualizadas são acionadas, e pessoas se tornam "parentes" (relatief), da mesma forma que certas relações arrefecem, distanciando os sujeitos e mudando a forma de se referir a estes. As "brigas", além disso, trazem à tona a distinção nativa entre o dado e o construído: alguns, por se omitirem nessas contendas ou tomarem outro "lado", tornam-se parentes apenas de "sangue" (bloed) ou "nome" (naam). Buscar-se-á, dessa forma, explorar a dimensão positiva dessas "brigas", entendendo-as não apenas como provocadoras do que chamaríamos "rompimento", mas produtoras de novas alianças e obrigações.

Palavras-chave : Família; Caribe; Suriname; Judaísmo; Relacionalidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )