SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 issue132The effectiveness of rapid ergonomics diagnostic methodologies applied to offshore platforms: revisiting the concept of degraded mode of operationThe Emergency Trauma Care Integrated Service (SIATE) as a source of information on occupational accidents in Londrina, PR, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Saúde Ocupacional

Print version ISSN 0303-7657On-line version ISSN 2317-6369

Abstract

LIMA, Luísa Silva; ARAUJO, Maristela Santos; CASTRO, Paloma Perez  and  CANGUSSU, Maria Cristina Teixeira. Condições de saúde bucal de industriários participantes de Programa de Saúde Bucal na Empresa. Rev. bras. saúde ocup. [online]. 2015, vol.40, n.132, pp.137-146.  Epub Dec 01, 2015. ISSN 2317-6369.  https://doi.org/10.1590/0303-7657000085413.

Objetivo: verificar as condições de saúde bucal de trabalhadores de cinco indústrias da região metropolitana de Salvador, Bahia, que participavam do Programa de Saúde Bucal na Empresa (PSBE) entre os anos 2003 a 2008.

Métodos: estudo transversal retrospectivo, com dados secundários do banco de dados do SESI/DR-BA. Participaram todos os funcionários que realizaram pelo menos dois exames odontológicos no período, totalizando 1.277 trabalhadores. Foram investigados dados sociodemográficos, incidência de cárie, atividade de cárie, urgência odontológica, uso e necessidade de prótese.

Resultado: predominou o sexo masculino com média de idade de 38 anos (DP = 10,07). O índice CPO-D (dentes cariados, perdidos e obturados) apresentou variação da média de 15 a 19, com maior percentual para dentes obturados (de 58,5% a 70,2%). Observou-se menor incidência de cárie nos que possuíam maior número de exames – 35,03% com 2 exames e 21,88% com 4 exames (p<0,01). Destaca-se maior associação positiva entre atividade de cárie e ramo de metais (29,19%) em 2007. O ramo outros serviços apresentou os maiores percentuais de urgência odontológica (5,60% em 2007, 8,40% em 2008).

Conclusão: a redução na incidência de cáries e na necessidade de próteses entre os que mais realizaram exames indica que programas de saúde bucal nas empresas podem contribuir para a melhor saúde bucal dos trabalhadores.

Keywords : saúde bucal; saúde do trabalhador; epidemiologia; índice CPOD; indústrias.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )