SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 issue3Ozone decreases sperm quality in systemic lupus erythematosus patientsAlcohol, smoking and illicit drug use in pediatric systemic lupus erythematosus patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Reumatologia

Print version ISSN 0482-5004On-line version ISSN 1809-4570

Abstract

PERAZZIO, Sandro Félix; SILVA, Neusa Pereira da; CARNEIRO-SAMPAIO, Magda  and  ANDRADE, Luis Eduardo Coelho. As deficiências leve e moderada de lectina ligadora de manose estão associadas ao lúpus eritematoso sistêmico e à nefrite lúpica em pacientes brasileiros. Rev. Bras. Reumatol. [online]. 2016, vol.56, n.3, pp.220-227. ISSN 1809-4570.  https://doi.org/10.1016/j.rbre.2016.01.002.

Objetivo

Vários estudos já investigaram a potencial associação entre a deficiência de lectina de ligação a manose (LLM) e o lúpus eritematoso sistêmico (LES), mas os resultados obtidos são controversos. Uma explicação para esses resultados conflitantes poderia estar nas diferenças étnicas dos indivíduos estudados. Este estudo investigou a associação entre a deficiência de LLM e o LES em uma grande coorte de pacientes brasileiros com LES e controles.

Métodos

Determinaram-se os níveis séricos de LLM e complemento em 286 pacientes adultos brasileiros com LES e 301 adultos brasileiros saudáveis que atuaram como controles. A deficiência de LLM foi classificada como leve (< 1000 e ≥ 500 µg/L), moderada (< 500 e ≥ 100 µg/L) ou grave (< 100 µg/L).

Resultados

Os pacientes com LES apresentaram maior frequência de deficiências leve e moderada de LLM em relação aos controles. Os pacientes com LES com deficiência de LLM apresentaram maior frequência de nefrite lúpica em comparação com aqueles sem deficiência de LLM. A deficiência de LLM não esteve associada a qualquer outra manifestação clínica, uso de terapia imunossupressora, atividade da doença, gravidade da doença ou níveis séricos de complemento.

Conclusão

Este estudo mostra que há uma associação entre a deficiência de LLM e o LES na população brasileira. Encontrou-se também uma associação entre a deficiência de LLM e a nefrite lúpica. Esses resultados apoiam a hipótese de que a deficiência de LLM contribui para o desenvolvimento do LES e da nefrite lúpica.

Keywords : Deficiência de LLM; Lúpus eritematoso sistêmico; Imunodeficiência; Nefrite lúpica.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )