SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número23"Cara ou coroa": uma provocação sobre educação para índiosCultur@s juvenis, identid@des e internet: questões atuais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Educação

versão impressa ISSN 1413-2478versão On-line ISSN 1809-449X

Resumo

REGUILLO, Rossana. Las culturas juveniles: un campo de estudio; breve agenda para la discusión. Rev. Bras. Educ. [online]. 2003, n.23, pp.103-118. ISSN 1809-449X.  https://doi.org/10.1590/S1413-24782003000200008.

Propõe-se questionar os modos como, a partir do campo cultural, são pensadas as culturas juvenis, que, caracterizadas por sentidos múltiplos e móveis, incorporam, mesclam, inventam símbolos e emblemas, em contínuo movimento que as torna difíceis de serem representadas. Para este questionamento, assume como primeiro pressuposto a enorme diversidade da categoria "jovens": estudantes, bandas, punks, "crentes", pequenos empresários, ravers, desempregados, "traficantes", todos filhos da modernidade, da crise e do desencanto; e, como segundo, o complexo e mutável contexto atual, no qual vivem esses "jovens". Organiza o artigo em três eixos temáticos: a) análise dos discursos que produziram conhecimento sobre os jovens; b) discussão dos "novos" cenários sobre as culturas juvenis, assim como seus territórios materiais e simbólicos; c) perspectivas e desafios que o campo de estudo das culturas juvenis coloca para as ciências sociais.

Palavras-chave : jovens; culturas juvenis.

        · resumo em Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons