SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número37Imagens de um lugar de memória da educação nova: Instituto de Educação do Rio de Janeiro nos anos de 1930Arte e metáforas contemporâneas para pensar infância e educação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Educação

versão impressa ISSN 1413-2478versão On-line ISSN 1809-449X

Resumo

HEROLD JUNIOR, Carlos. Os processos formativos da corporeidade e o marxismo: aproximações pela problemática do trabalho. Rev. Bras. Educ. [online]. 2008, vol.13, n.37, pp.98-111. ISSN 1809-449X.  https://doi.org/10.1590/S1413-24782008000100009.

O objetivo desse artigo é evidenciar a mútua importância que possuem os estudos sobre a formação da corporeidade e as reflexões baseadas no materialismo histórico. Para tanto, dividimos o texto em três momentos: no primeiro, analisamos a forma como a temática da corporeidade surge atrelada ao desenvolvimento dos paradigmas pós-modernistas de análise. No segundo, ao relacionarmos a análise do corpo com a análise do trabalho, mostramos a forma como a obra de Marx é aceita e criticada pelos analistas. Na terceira, desenvolvemos algumas possibilidades críticas de analisar a formação da corporeidade pelo materialismo histórico. Como resultado, podemos notar que, ao atrelar a análise do corpo às transformações no mundo do trabalho, podemos aprofundar as possibilidades das análises sobre o corpo na atualidade. Com isso, esperamos mostrar que a análise do corpo se constitui em uma importante temática para as reflexões sobre a sociedade capitalista, da mesma forma que a reflexão sobre as transformações na forma de trabalho dessa sociedade oferecem possibilidades valiosas aos estudiosos da corporeidade.

Palavras-chave : corporeidade; processos formativos; marxismo; materialismo histórico; trabalho; pós-modernismo.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons