SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número43Ensinando sobre a diferença na literatura para crianças: paratextos, discurso científico e discurso multiculturalO ensino elementar no Decreto Leôncio de Carvalho: "visão de mundo" herdada pelo tempo republicano? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Educação

versão impressa ISSN 1413-2478

Resumo

ANDRADE, Marcelo. A banalidade do mal e as possibilidades da educação moral: contribuições arendtianas. Rev. Bras. Educ. [online]. 2010, vol.15, n.43, pp.109-125. ISSN 1413-2478.  https://doi.org/10.1590/S1413-24782010000100008.

Mais do que uma época de crises, enfrentamos hoje uma crise de época, na qual a educação tem papel fundamental a desempenhar. Nesse sentido, o trabalho revisita a obra de Hannah Arendt, filósofa que pensou e viveu em tempos sombrios, a fim de entender alguns conceitos fundamentais para repensar hoje a educação moral ou a educação em valores. Com pesquisa centrada nas obras Eichmann em Jerusalém: um relato sobre a banalidade do mal e A vida do espírito, o trabalho visa compreender como e por que Hannah Arendt cunhou o conceito de banalidade do mal e em que sentido ele se relaciona com o vazio do pensamento e com uma proposta de educação em valores.

Palavras-chave : Hannah Arendt; banalidade do mal; vazio do pensamento; educação moral; educação em valores.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons