SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue4Estimates of phenotypic and environmental parameters of milk production at the control day and 305 days of lactation in gir breed cowsGiberelic acid and 6-benzilaminopurine on in vitro growth of macela [Egletes viscosa (L.) Less.] author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência e Agrotecnologia

Print version ISSN 1413-7054

Abstract

TEIXEIRA, Antônio Soares; CAVALCANTI, Jorge dos Santos; OST, Paulo Roberto  and  SCHOULTEN, Neudi Artemio. Probióticos em rações para frangos de corte utilizando farinha de carne e ossos com diferentes níveis de contaminação bacteriana. Ciênc. agrotec. [online]. 2003, vol.27, n.4, pp.927-933. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542003000400027.

Com o objetivo de estudar os efeitos de probióticos no desempenho de frangos de corte consumindo dietas com farinhas de carne e ossos com diferentes contaminações bacterianas, foi realizado um experimento na Universidade Federal de Lavras, no qual foram utilizados 576 pintos da linhagem Hubbard, com um dia de idade, metade de cada sexo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, num esquema fatorial 4 x 3 (rações e probióticos) com 4 repetições de 12 aves alojadas em baterias metálicas e o período experimental foi de 1 a 28 dias de idade. Os tratamentos  foram constituídos de 4 rações, uma sem farinha de carne e ossos e com fosfato bicálcico (testemunha), e as outras três com farinhas de carne e ossos de alto (1,0 x 104), médio(4,5 x 103) e baixo (1,0 x 103) teor de contaminação bacteriana. Cada uma dessas rações foi fornecida sem probiótico, ou com um probiótico com cerca de três bilhões de células viáveis por grama, que tem como agentes ativos o Lactobacillus acidophilus, Streptococcus faecium e Sacharomices cerevisae, fornecido na ração na dose de 10 g/ton ou ainda com um probiótico que contém Enterococcus faecium, Lactobacillus acidófillus, Lactobacillus plantarum e Lactobacillus sp como agentes ativos, na concentração de 3 x 1010 ufc/g do produto, adicionado na água nas primeiras 24 horas de vida dos pintinhos, na proporção de 1,33 g/L de água. Observou-se pela análise da variância dos resultados que não houve efeito dos tratamentos (P>0,05) sobre o ganho de peso e consumo de ração e na conversão alimentar, para as aves que consumiram a ração com baixa contaminação. A inclusão de farinha de carne e ossos nas rações melhorou a conversão alimentar para as aves que receberam a ração com alta e média contaminação, independente do uso de probiótico. Verificaram-se redução nos casos de diarréia durante a primeira semana de vida dos pintinhos, com o uso de probióticos, e aumento na incidência de diarréia, quando se utilizou farinha de carne e ossos com médio e alto nível de contaminação bacteriana.

Keywords : probióticos; farinha de carne e ossos; contaminação; frangos de corte.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License