SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número5Desenvolvimento vegetativo e produção de variedades de cana-de-açúcar em relação à disponibilidade hídrica e unidades térmicasFontes florais usadas por abelhas (Hymenoptera, Apoidea) em área de cerrado no município de Cassilândia, Mato Grosso do Sul, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

ALMEIDA, Elka Fabiana Aparecida et al. Diferentes substratos e ambientes para enraizamento de mini-ixora (Ixora coccinea 'Compacta'). Ciênc. agrotec. [online]. 2008, vol.32, n.5, pp.1449-1453. ISSN 1981-1829.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542008000500014.

A mini-ixora (Ixora coccinea 'Compacta') é uma espécie muito apreciada para uso em paisagismo, especialmente em jardins tropicais. A propagação é feita por estaquia, no entanto, a porcentagem de enraizamento é bastante baixa. Sendo assim, objetivou-se com este trabalho avaliar substratos e ambientes para o enraizamento da mini-ixora. Foram utilizadas estacas apicais com comprimento de 10 cm, as quais foram cultivadas em dois tipos de substratos: areia e o produto comercial Plantmax®. Utilizaram-se também três ambientes de enraizamento: câmara úmida, estufa e enraizador tradicional (telado com 50% de sombreamento). O delineamento experimental utilizado foi o de parcelas subdivididas, sendo três ambientes nas parcelas e dois substratos nas subparcelas. Utilizaram-se 5 repetições e 10 estacas por parcela. Analisando-se todos os resultados 100 dias após a implantação do experimento, observou-se que a areia proporcionou maior porcentagem de enraizamento (68%) quando comparada ao Plantmax (48%). A câmara úmida também foi o ambiente que proporcionou melhores condições para a propagação da mini-ixora com maior porcentagem de enraizamento, 98%, em relação a estufa (66%) e ao enraizador tradicional (10%). A areia e a câmara úmida também favoreceram a formação de raízes de melhor qualidade. Concluiu-se que o melhor substrato para propagação da mini-ixora foi areia devendo as estacas serem dispostas em câmara úmida.

Palavras-chave : Propagação; planta ornamental; estacas apicais; mini-ixora.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons