SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número3Balanço de nitrogênio, cálcio e fósforo em frangos de corte recebendo dietas com fitase e aminoácidos cristalinosSuplementação protéica energética no desempenho de novilhas em pastejo durante a fase de terminação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

MEDEIROS, Lucilene Tavares et al. Nitrogênio e as características anatômicas, bromatológicas e agronômicas de cultivares de Brachiaria brizantha. Ciênc. agrotec. [online]. 2011, vol.35, n.3, pp.598-605. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000300023.

Com o objetivo de determinar algumas características anatômicas e físico-químicas de duas cultivares de Brachiaria brizantha, cvs. Marandu e MG-5 Vitória, colhidas aos 45 e 65 dias após o plantio, sob doses crescentes de nitrogênio (N), foi conduzido um experimento em vasos, em casa de vegetação do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras-UFLA, Lavras, MG. Foi utilizado o delineamento experimental de blocos ao acaso com os tratamentos dispostos em esquema fatorial 2x2x5, sendo dois genótipos, duas idades de corte e cinco doses de N (0, 100, 200, 300 e 400 mg/dm3), com quatro repetições, totalizando 20 tratamentos e 80 unidades experimentais (vasos). As variáveis estudadas foram: densidade de perfilhos, diâmetros polar e equatorial dos estômatos nas superfícies adaxial e abaxial das folhas, teores de PB, FDN e FDA e coeficientes de DIVMS. Os resultados obtidos permitem verificar que o aumento das doses de N influencia positivamente a produção de MS nas duas idades de corte. A idade de corte influencia o número de perfilhos, a densidade e os diâmetros polar e equatorial dos estômatos e a cv. Vitória mostra-se mais plástica nas características estomáticas comparada à cv. Marandu. As doses mais altas de N proporcionam aumentos nos teores de PB e DIVMS. Os menores intervalos entre corte proporcionam os menores teores de FDN e FDA.

Palavras-chave : Digestibilidade; estômatos; Marandu; MG - 5 Vitória.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons