SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número3Desempenho de motor diesel quatro tempos alimentado com biodiesel de óleo de oliva (B100) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

REZENDE, Adalgiza Souza Carneiro de et al. Leveduras como aditivo nutricional para cavalos em treinamento. Ciênc. agrotec. [online]. 2012, vol.36, n.3, pp.354-362. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542012000300012.

O trabalho avaliou o efeito da suplementação com leveduras na dieta de equinos em treinamento, sobre a digestibilidade dos nutrientes e o desempenho metabólico dos animais. Doze equinos foram distribuídos em 2 grupos: Pr (equinos que receberam 20 g de probióticos diariamente) e Controle. A dieta foi composta de volumoso (haylage) e concentrado comercial e todos os equinos foram treinados durante 6 semanas. A digestibilidade dos nutrientes foi avaliada utilizando o indicador LIPE® (7 dias) e a coleta de fezes foi realizada durante cinco dias. Foi analisado MS, PB, DE, P, FDN, FDA, HCEL e lignina. Antes e após o treinamento, todos os cavalos foram submetidos a um teste incremental ergoespirométrico. Os equinos que receberam leveduras vivas apresentaram um aumento (p <0,05) de 4,1% na digestibilidade da HCEL. Após o treinamento, ambos os grupos apresentaram maior tolerância à fadiga, com um aumento na AT e no VO2max. O treinamento melhorou o desempenho dos animais, e a digestibilidade da hemicelulose e DE foi maior no grupo Pr, mas esses aumentos não melhoraram o desempenho desses animais.

Palavras-chave : Aditivos nutricionais; equino; exercício; probióticos.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons