SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número5Atrazina em uma área cultivada com milho e sua relação com a posição na paisagemDetecção de eventos transgênicos em milho utilizando tiras imunocromatográficas e PCR convencional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

VOGT, Gilcimar Adriano et al. Habilidade competitiva de genótipos de feijão comum do grupo "preto" com plantas daninhas. Ciênc. agrotec. [online]. 2013, vol.37, n.5, pp.397-403. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542013000500002.

As características morfofisiológicas de plantas de feijão podem afetar a habilidade competitiva com plantas daninhas. Neste trabalho, objetivou-se avaliar a competitividade de genótipos de feijão do grupo "Preto" com plantas daninhas. Inicialmente, foi conduzido um experimento na safra 2010/11 em Papanduva, SC, para verificar a variabilidade entre genótipos de feijão-preto quanto a algumas características da planta. Foi utilizado o delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos pelos seguintes genótipos: BRS Campeiro, CHP 01-238, CHP 01-239, Diamante Negro, BRS Supremo, BRS Valente, IPR Uirapuru, FTS Soberano, IPR Graúna, IPR Tiziu e IAC Diplomata. Aos 6, 14, 18, 25 e 32 dias após a emergência (DAE) foram determinadas altura das plantas, cobertura do solo pelas plantas de feijão, massa seca de hastes e folhas e, ao final do ciclo, a produtividade dos grãos. Na safra 2011/12, os mesmos genótipos foram avaliados na presença ou ausência de plantas daninhas, adotando metodologia similar à da safra 2010/11. As perdas de produtividade de grãos dos genótipos de feijão avaliados, em razão da interferência de plantas daninhas, variaram de 30,8 a 54,9%. Houve correlação positiva entre porcentagem de redução de produtividade em razão da infestação e a massa seca acumulada pelas plantas daninhas. Também houve correlação positiva entre porcentagem de redução de produtividade em função da interferência de plantas daninhas e a produtividade sem infestação. Não foi possível identificar características de plantas que afetam significativamente a habilidade dos genótipos de feijão em competir com plantas daninhas.

Palavras-chave : Phaseolus vulgaris; interferência por plantas daninhas; produtividade de grãos.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons