SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número6ELABORAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE EMBUTIDO DE TAMBAQUIUSO DA CASCA DE JABUTICABA NA PRODUÇÃO DE COOKIES PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: ASPECTOS TECNOLÓGICOS E SENSORIAIS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

SANTOS, Dayane Angélica Machado dos et al. PERFIL LIVRE, ACEITAÇÃO E INTENÇÃO DE COMPRA NA AVALIAÇÃO DE DIFERENTES FORMULAÇÕES DE BISCOITOS. Ciênc. agrotec. [online]. 2015, vol.39, n.6, pp.613-623. ISSN 1981-1829.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542015000600008.

O aumento da demanda por alimentos diferenciados e voltados para a saúde tem impulsionado o desenvolvimento de produtos de panificação, com características nutricionais e sensoriais peculiares. Neste estudo, objetivou-se comparar diferentes biscoitos, dois comerciais (dietético e sem glúten) e duas formulações experimentais (uma fonte de fibra e a outra, padrão). O biscoito fonte de fibra foi acrescido de albedo de maracujá e casca de abóbora e reduzido de farinha de trigo em relação ao padrão, visando a benefícios nutricionais e econômicos. A metodologia de Perfil Livre foi utilizada e os dados do Perfilforam submetidos à Análise Procrustes Generalizada.A análise foi realizada separadamente por classe de atributos (aparência, aroma, sabor e textura).A porcentagem de variância explicada da primeira dimensão foi de 87,6% para a textura, e a soma das duas primeiras dimensões foi superior a 90% para os quatro atributos. Ambas as formulações desenvolvidas evidenciaram as características: cor amarelada, aparência achatada, aroma de maracujá, aroma natural, sabor maracujá, sabor de maracujá residual, textura macia e textura compacta. Portanto, a adição de subprodutos na formulação padrão não alterou seus atributos característicos, qualitativamente. Os produtos também foram avaliados afetivamente, por meio de uma escala hedônica de 9 pontos, e os dados foram estatisticamente avaliados por análise de variância (ANOVA). A formulação fonte de fibra e as comerciais não apresentaram diferença significativa em relação ao sabor e intenção de compra. Assim, o biscoito desenvolvido tem um potencial de mercado promissor, além de apresentar benefícios adicionais, por seu apelo econômico e nutricional.

Palavras-chave : Análise sensorial; desenvolvimento de produtos; produtos de padaria..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )