SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número6Comportamento de selênio no solo e sua implicação para a saúde humanaPotencial energético da biomassa residual do milho em diferentes espaçamentos e doses de nitrogênio índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

EKBIC, Ercan et al. Avaliação de acessos de melancia para tolerância ao sal utilizando índices de tolerância ao estresse. Ciênc. agrotec. [online]. 2017, vol.41, n.6, pp.616-625. ISSN 1981-1829.  https://doi.org/10.1590/1413-70542017416013017.

O estresse salino é a restrição mais importante para a produção agrícola em regiões áridas e semi-áridas. Portanto, há necessidade de plantas geneticamente tolerantes ao estresse salino no futuro. Identificação de genótipos tolerantes ao sal é o ponto de partida de estudos de melhoramento. O presente estudo foi conduzido para determinar e avaliar a tolerância de diferentes genótipos de melancia sob condições salinas. Um total de 22 genótipos e acessos de melancia foram cultivados em vasos de 3 kg de solo com quatro condições de estresse salino diferentes (0 mmol kg-1 como controle, 25, 50 e 100 mmol kg-1 de NaCl). Dependendo do aumento da dose de NaCl, os efeitos prejudiciais do estresse salino nas plantas também aumentaram. Os índices de estresse calculados sobre os pesos secos das plantas com um nível de salinidade de 100 mmol kg-1 foram utilizados para avaliar a tolerância ao sal dos genótipos. A intensidade de tensão foi calculada como 0.76. Indicando que a maior dose de sal exerce um estresse salino grave nas plantas. Os genótipos G04, G14 e G21 foram considerados tolerantes, uma vez que apresentaram os maiores valores nas relações K/Na e Ca/Na. As perdas em pesos secos com estresse salino grave atingiram 75.48%. Na análise de componentes principais, os genótipos tiveram correlações positivas com os índices de tolerância ao estresse de PM (produtividade média), GMP (produtividade média geométrica) e STI (índice de tolerância ao estresse).Os índices GMP e STI indicaram G04 (um membro de C. colocynthis), G14 e G21 como materiais proeminentes para a tolerância ao sal.

Palavras-chave : Citrullus lanatus; variedades locais; atributos de tolerância ao estresse; tolerância ao estresse salino..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )