SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número6Parâmetros baseados em imagens de raios x para avaliar a qualidade física e fisiológica de sementes de Leucaena leucocephalaFilme de quitosana incorporado com Garcinia atroviridis para embalagem de cavala Indiana (Rastrelliger kanagurta) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

OLIVEIRA, Matias Marchesan de; COLDEBELLA, Arlei; BELLI FILHO, Paulo  e  OLIVEIRA, Paulo Armando Victória de. Frequência de aeração em compostagem acelerada de cadáveres de animais. Ciênc. agrotec. [online]. 2018, vol.42, n.6, pp.653-665. ISSN 1981-1829.  https://doi.org/10.1590/1413-70542018426021818.

Como alternativa, para destinação de cadáveres de suínos e aves, no Brasil, estão sendo implantados nas unidades produtivas Reatores Cilindros Rotativos (RCRs) para compostagem acelerada dos cadáveres. O objetivo do presente estudo foi verificar a influência da frequência de aeração na emissão de gases (C-CO2, C-CH4, N-NH3 e N-N2O) em compostagem de cadáveres suínos e frangos em RCR. Foram utilizados RCR, com volume de 3.6 m3 (50% de volume útil). Os intervalos estudados entre os períodos de aeração, o qual era 24 de minutos, foram de 4 tempos (tratamentos): T1 (1 hora); T2 (2 horas); T3 (3 horas) e T4 (4 horas). A emissão de gases foi monitorada continuamente utilizando equipamento fotoacústico (INNOVA 1412). A temperatura foi monitorada com uso de ibuttons misturados a biomassa. Foram propostos modelos matemáticos que representassem a emissão de C-CO2 e N-NH3 em função da temperatura observada na biomassa. Foi verificado que a temperatura da biomassa é afetada pelos tratamentos, quanto maior a frequência, menor será o período na fase termofílica (>50 °C). As emissões totais dos gases avaliados não apresentaram diferença (p>0.05) entre os tratamentos. Os modelos que melhor representaram a emissão de C-CO2 e N-NH3 foram não lineares, R2=0.75 e 0.78, respectivamente. Por fim, contata-se que seja utilizado no mínimo duas horas de intervalo entre os períodos de 24 minutos de aeração, para garantir um melhor intervalo de tempo de repouso da biomassa na fase termofílica e eliminação de possíveis contaminantes patogênicos.

Palavras-chave : Reator cilindro rotativo; frangos e suínos; emissão de gases.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )