SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue1From corporatism to the “foundation of labour”: notes on political cultures across Fascist and Republican ItalyIberoconceitos, história conceitual, teoria da história, Entrevista a Javier Fernández Sebastián (Parte II) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Tempo

Print version ISSN 1413-7704On-line version ISSN 1980-542X

Abstract

FREIRE, Dulce  and  FERREIRA, Nuno Estêvão. A construção do sistema corporativo em Portugal (1933-1974). Tempo [online]. 2019, vol.25, n.1, pp.256-276. ISSN 1980-542X.  https://doi.org/10.1590/tem-1980-542x2018v250114..

Neste artigo apresentam-se alguns dos resultados de pesquisas recentes sobre o sistema corporativo estabelecido em Portugal durante o Estado Novo (1933-1974). Uma nova base de dados permite, pela primeira vez, proceder a análises mais detalhadas da distribuição cronológica, geográfica e funcional dos milhares de organismos que constituíram o sistema corporativo português. Observa-se que, ao contrário do que tem sido afirmado em diversos estudos, o sistema não surgiu de forma casuística ou desordenada. Verifica-se antes que a densa rede de organismos foi sendo construída seguindo critérios consistentes com os objetivos políticos de cada uma das fases do regime. Identificar a abrangência e os impactos territoriais, políticos e sociais da rede corporativa é indispensável para aprofundar as explicações sobre o funcionamento e a longevidade da ditadura.

Keywords : Corporativismo; Políticas públicas; Ditadura.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )