SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Incerteza e atividade econômica no BrasilDistribuição funcional da renda no Brasil: análise dos resultados recentes e estimação da conta da renda índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Economia Aplicada

versão impressa ISSN 1413-8050

Resumo

JALES, Mario de Queiroz Monteiro  e  COSTA, Cinthia Cabral da. Measurement of ethanol subsidies and associated economic distortions: an analysis of Brazilian and U.S. policies. Econ. Apl. [online]. 2014, vol.18, n.3, pp.455-481. ISSN 1413-8050.  https://doi.org/10.1590/1413-8050/ea375.

Este estudo tem por objetivos medir os valores dos subsídios equivalentes das políticas de apoio ao etanol nos Estados Unidos e no Brasil e estimar a magnitude das distorções econômicas por eles causadas. Para o período entre 2002 e 2011, os valores anuais médios destes subsídios foram de US$7,2 bilhões nos Estados Unidos e US$2,1 bilhões no Brasil. As políticas brasileiras elevaram o preço mundial em média em 2,7% neste período, elevando a produção nos dois países (1,2% nos Estados Unidos e 5,3% no Brasil), reduzindo o consumo norte-americano em 4,7% e expandindo o consumo brasileiro em 16,1%. Já as políticas dos Estados Unidos deprimiram o preço mundial em média em 2,4% no mesmo período, expandindo o consumo nos dois países (2,5% no Estados Unidos e 1,3% no Brasil), aumentando a produção norte-americana em 8,3%, mas provocando uma queda de 4,7% na produção brasileira. Em 2012, ambos países mudaram suas políticas, mas as distorções no mercado permanecem.

Palavras-chave : Etanol; Subsídio; Tarifa de importação; Biocombustíveis.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons