SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue4Contexts and patterns of undue use benzodiazepine among womenHealth and Gender Relations: a reflection on the challenges for the implementation of public policies for health care for indigenous women author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

SANTOS, Silvana Cristina dos et al. A endogamia explicaria a elevada prevalência de deficiências em populações do Nordeste brasileiro?. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2013, vol.18, n.4, pp.1141-1150. ISSN 1413-8123.  https://doi.org/10.1590/S1413-81232013000400027.

Apesar da inexatidão conceitual e de métodos de aferição, a OMS estima que cerca de 10% da população mundial apresente alguma forma de deficiência. Com a finalidade de investigar a prevalência e a etiologia das deficiências e verificar se elas estariam associadas à endogamia, foi realizado um estudo epidemiológico transversal com uso do método do informante envolvendo cinco municípios do Estado do Rio Grande do Norte, no Nordeste brasileiro; nos quais foram estimadas frequências de casamentos consanguíneos que variam de 9 a 32%. A prevalência média estimada para deficiências nos cinco municípios amostrados foi de 4,53%, obtida por meio de entrevistas envolvendo 37,87% de uma população de 39.054 habitantes. Em média, 25% dos casais consanguíneos e 12% dos não consanguíneos apresentaram um ou mais filhos com alguma deficiência. A elevada prevalência de pessoas com deficiência no Nordeste brasileiro pode ter associação com a manutenção da tradição de casamentos consanguíneos nessas populações e parte dessas deficiências pode ser causada por doenças genéticas.

Keywords : Deficiência; Epidemiologia; Nordeste brasileiro; Endogamia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License