SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número1Prevalência de queda grave e fatores associados em idosos brasileiros: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013Determinantes do consumo de frutas, hortaliças e de alimentos ultraprocessados entre lactentes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência & Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1413-8123versão On-line ISSN 1678-4561

Resumo

RIGO, Ana Paula; LEVANDOVSKI, Rosa Maria  e  TSCHIEDEL, Balduíno. Protocolo Clínico do Ministério da Saúde/Brasil para Doença de Parkinson: adesão e percepção do médico prescritor. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2021, vol.26, n.1, pp.197-208.  Epub 25-Jan-2021. ISSN 1678-4561.  https://doi.org/10.1590/1413-81232020261.36432018.

Este estudo avaliou a adesão de médicos ao Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para a Doença de Parkinson (PCDT-DP), no âmbito do SUS. Dois métodos complementares foram utilizados: avaliação descritiva de 375 solicitações de medicamentos encaminhadas à Assistência Farmacêutica da Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul, de março a setembro de 2016, e levantamento por meio de questionário estruturado aos prescritores para investigar a percepção de barreiras à utilização. Apenas 5,33% das solicitações analisadas apresentaram adesão completa às recomendações do protocolo. As solicitações oriundas de especialistas em DP tiveram maior adesão aos critérios para o diagnóstico (p<0,05) e dose do medicamento (p<0,05). Dentre as respostas ao questionário destacaram-se como principais barreiras a falta de tempo para preenchimento dos documentos obrigatórios (52%) e nenhum ou pouco conhecimento sobre o protocolo (48%). Médicos com menor tempo de exercício de profissão tendem a perceber menos barreiras para a utilização do protocolo (p<0,05). Os resultados indicam a necessidade de ações de implementação do PCDT-DP à prática médica, direcionadas às equipes assistenciais e de gestão, e maior integração da assistência farmacêutica com a rede de atenção.

Palavras-chave : Guia de prática clínica; Fidelidade a diretrizes; Doença de Parkinson; Assistência farmacêutica; SUS.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )