SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue3Team Performance: Evidence for Validity of a MeasureAdaptation and Validation of Sport-Confidence Measure to Gymnasts and Football Players author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psico-USF

On-line version ISSN 2175-3563

Abstract

SOUSA, Patrícia Fonseca de; MACIEL, Silvana Carneiro; MEDEIROS, Katruccy Tenório  and  VIEIRA, Giselli Lucy Souza. Atitudes e Representações em Saúde Mental: Um Estudo com Universitários. Psico-USF [online]. 2016, vol.21, n.3, pp.527-538. ISSN 2175-3563.  https://doi.org/10.1590/1413-82712016210307.

Este estudo teve como objetivo conhecer e analisar as representações sociais de universitários sobre a Reforma Psiquiátrica e o doente mental, relacionando-as com a adesão destes aos paradigmas de atenção à saúde mental. Participaram 480 universitários dos cursos de Psicologia, Medicina e Enfermagem; a maioria do sexo feminino (74,4%) e com idade média de 24 anos (DP = 5,98). Os dados foram coletados utilizando-se Escala de Atitudes em Saúde Mental e técnica de Associação Livre de Palavras. Os resultados apontaram uma compreensão ambígua acerca da Reforma Psiquiátrica. Os universitários demonstraram conhecer as práticas desse novo modelo e apresentaram maior adesão ao paradigma psicossocial, mas observou-se uma representação do doente mental marcada pelo medo e exclusão e vinculada ao paradigma biomédico. Tal achado parece ser um reflexo da atual situação do campo da saúde mental, na qual o paradigma biomédico não foi totalmente superado e nem o paradigma psicossocial totalmente estabelecido.

Keywords : reforma psiquiátrica; estudantes universitários; representação social.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )