SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 suppl.3Quantificação dos níveis de endotelina-1 em placentas e mebranas fetais humanasIrrigação da bolsa cloacal em Gallus gallus domesticus (matrizes de corte Hubbard) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science

versão impressa ISSN 1413-9596versão On-line ISSN 1678-4456

Resumo

ABREU, Vicente José Salles de et al. Avaliação da eficácia do colostro bovino hiperimune na infecção experimental de roedores com Cryptosporidium parvum. Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. [online]. 2003, vol.40, suppl.3, pp.191-198. ISSN 1678-4456.  https://doi.org/10.1590/S1413-95962003000900006.

O colostro bovino hiperimune contém alta concentração de anticorpos anti- Cryptosporidium parvum. Este produto é considerado como uma das estratégias terapêuticas promissoras no controle da criptosporidiose intestinal em humanos. Com o objetivo de avaliar a eficácia do colostro bovino hiperimune na redução do parasitismo e na prevenção de alterações de mucosa intestinal, foram infectados, experimentalmente, com oócistos de Cryptosporidium parvum, vários ratos (F344) e camundongos (C57BL/6). Os resultados mostraram que o colostro bovino hiperimune apresentou altos títulos de anticorpos. Os ratos F344, tratados com colostro bovino hiperimune ou com colostro normal, tiveram redução no parasitismo intestinal e apresentaram menor comprometimento de sua mucosa. Os camundongos C57BL/6, quando tratados com colostro hiperimune ou normal, apresentaram ligeira redução do parasitismo intestinal e não evidenciaram diferenças estatísticas significantes nas alterações histopatológicas da mucosa. Conclui-se que o uso do colostro bovino hiperimune tenha um benefício limitado na infecção causada pelo Cryptosporidium parvum.

Palavras-chave : Colostro; Modelos animais de doenças; Cryptosporidium parvum; Roedores; Ratos endogâmicos F344.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons