SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número22A medicalização do crime: a Penitenciária de Florianópolis como espaço de saber e poder (1933-1945)Dilemas na promoção da saúde no Brasil: reflexões em torno da política nacional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Interface - Comunicação, Saúde, Educação

versão impressa ISSN 1414-3283versão On-line ISSN 1807-5762

Resumo

SERPA JUNIOR, Octavio Domont de; LEAL, Erotildes Maria; LOUZADA, Rita de Cássia Ramos  e  SILVA FILHO, João Ferreira da. A inclusão da subjetividade no ensino da Psicopatologia. Interface (Botucatu) [online]. 2007, vol.11, n.22, pp.207-222. ISSN 1807-5762.  https://doi.org/10.1590/S1414-32832007000200003.

O estudo da Psicopatologia tem sido freqüentemente apresentado em sua dimensão descritiva. Apesar da relevância para o ensino - auxiliar o aluno a reconhecer a dimensão sintomatológica dos quadros psicopatológicos -, exclui a dimensão subjetiva da experiência do adoecimento e seus aspectos relacionais. Partindo da tradição antropológico-existencial, apresentamos uma experiência de ensino de Psicopatologia que considera tais dimensões relevantes para a compreensão do sofrimento mental. Trabalhando com estudo de caso descritivo, são apresentadas duas novas modalidades de práticas na disciplina Psicopatologia Especial I, oferecida para alunos do curso de Psicologia da UFRJ. A proposta é ampliar o ensino prático, tradicionalmente centrado no modelo da extensa entrevista clínica, realizada diante de um grande grupo de alunos que a tudo assistem passivamente. Pretendemos aproximar o ensino e a prática da Psicopatologia dos ideais da Reforma Psiquiátrica Brasileira, que concebe o adoecimento mental como fenômeno complexo, envolvendo a relação do sujeito com o mundo.

Palavras-chave : Psicopatologia; Ensino; Subjetividade; Antropologia; Existencialismo.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons