SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21CHEIAS E VULNERABILIDADE SOCIAL: ESTUDO SOBRE O RIO XINGU EM ALTAMIRA/PARESERVAS EXTRATIVISTAS MARINHO-COSTEIRAS: REFLEXÕES SOBRE O ESTÁGIO PRÉ-IMPLEMENTAÇÃO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ambiente & Sociedade

versão impressa ISSN 1414-753Xversão On-line ISSN 1809-4422

Resumo

BIASOLI, SEMÍRAMIS  e  SORRENTINO, MARCOS. DIMENSÕES DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: A NECESSÁRIA INCLUSÃO DA POLÍTICA DO COTIDIANO. Ambient. soc. [online]. 2018, vol.21, e00144.  Epub 08-Out-2018. ISSN 1809-4422.  https://doi.org/10.1590/1809-4422asoc0144r2vu18l2ao.

A educação ambiental precisa ser trabalhada enquanto política pública estruturante, além de projetos e programas pontuais, para ganhar efetividade no enfrentamento da crise socioambiental e civilizatória. Isto demanda o desvelamento do conceito de políticas públicas, objetivo deste trabalho. Adota-se o conceito de política pública multicêntrica, como resultado da ação do governo e de outros atores sociais. Os resultados do levantamento bibliográfico estabelecem a necessidade de três dimensões presentes no ciclo das políticas públicas apresentadas por Frey: policy, polity e politics e, neste trabalho, defende-se a essencialidade de uma quarta dimensão: a da política do cotidiano, que está relacionada às forças sociais instituintes e sua importância na construção de políticas públicas que se pretendam participativas.

Palavras-chave : Educação Ambiental; Políticas Públicas; Política do cotidiano.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )