SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número2Acidentes domésticos e diagnósticos de enfermagem de crianças nascidas expostas ao HIVHospitalização no segundo ano de vida em crianças consideradas de risco ao nascimento índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Escola Anna Nery

versão impressa ISSN 1414-8145

Resumo

JACINTO, Amanda Karina de Lima; AVELAR, Ariane Ferreira Machado; WILSON, Ana Maria Miranda Martins  e  PEDREIRA, Mavilde da Luz Gonçalves. Flebite associada a cateteres intravenosos periféricos em crianças: estudo de fatores predisponentes. Esc. Anna Nery [online]. 2014, vol.18, n.2, pp.220-226. ISSN 1414-8145.  https://doi.org/10.5935/1414-8145.20140032.

Este estudo objetivou identificar fatores de risco para flebite relacionada a cateteres intravenosos periféricos (CIP) em crianças.

Métodos:

Coorte retrospectiva realizada em 338 crianças submetidas a punção venosa periférica. Foram investigadas variáveis relacionadas à criança e à terapia intravenosa, após aprovação do mérito ético.

Resultados:

Das 338 crianças, nove (2,7%) desenvolveram flebite. Nenhuma característica demográfica influenciou significativamente o desenvolvimento de flebite. Quanto às características da terapia, foram significantes: utilização do CIP por mais de cinco dias (p = 0,001); manutenção intermitente (p = 0,001) e maior tempo de permanência do CIP (p = 0,006). Representaram fatores de risco: presença de condições predisponentes para insucesso da punção (p = 0,041; OR = 4,645); antecedentes de complicações (p < 0,001, OR = 40,666); administração de drogas ou soluções de elevados pH e osmolaridade (p = 0,004, OR = 7,700).

Conclusão:

A ocorrência de flebite não apresentou associação com características demográficas, e os aspectos da terapia que representaram fatores de risco foram condições predisponentes para insucesso da punção, antecedentes de complicações, administração de fármacos e soluções com extremos de pH e osmolaridade.

Palavras-chave : Flebite; Cateterismo periférico; Enfermagem pediátrica; Segurança do paciente.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )