SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número2Flebite associada a cateteres intravenosos periféricos em crianças: estudo de fatores predisponentesA família durante a internação hospitalar da criança: contribuições para a enfermagem índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Escola Anna Nery

versão impressa ISSN 1414-8145

Resumo

BARRETO, Mayckel da Silva  e  MARCON, Sonia Silva. Hospitalização no segundo ano de vida em crianças consideradas de risco ao nascimento. Esc. Anna Nery [online]. 2014, vol.18, n.2, pp.227-233. ISSN 1414-8145.  https://doi.org/10.5935/1414-8145.20140033.

Este estudo objetivou verificar os fatores associados à hospitalização de crianças consideradas de risco ao nascimento, durante o segundo ano de vida.

Métodos:

Estudo transversal realizado em Maringá - Paraná. Os dados foram coletados entre novembro de 2010 e fevereiro de 2011, com mães de 248 crianças nascidas no ano de 2008. Os resultados evidenciaram que, do total de crianças estudadas, 50 (20,1%) necessitaram de hospitalização entre os 12 e 24 meses.

Resultados:

Os fatores associados à sua ocorrência foram: escolaridade materna, ausência do aleitamento materno exclusivo até o sexto mês, morbidade no último ano, hospitalização no primeiro ano de vida, baixa renda familiar e elevado número de moradores no domicílio.

Conclusão:

Os achados reforçam que crianças consideradas de risco ao nascimento necessitam ser assistidas de modo diferenciado pelos serviços básicos de saúde, especialmente aquelas com piores níveis socioeconômicos, previamente hospitalizadas e que não foram amamentadas exclusivamente até o sexto mês.

Palavras-chave : Criança hospitalizada; Morbidade; Hospitalização; Fatores de risco; Enfermagem.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )