SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número4Os enfermeiros estão atualizados para o manejo adequado do paciente com sepse?Avaliação de um ambiente virtual de aprendizagem sobre ações educativas para pessoas com diabetes mellitus índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Escola Anna Nery

versão impressa ISSN 1414-8145versão On-line ISSN 2177-9465

Resumo

KNIHS, Neide da Silva et al. Doação de órgão e tecidos: utilização de ferramenta de qualidade para a otimização do processo. Esc. Anna Nery [online]. 2019, vol.23, n.4, e20190084.  Epub 23-Set-2019. ISSN 2177-9465.  https://doi.org/10.1590/2177-9465-ean-2019-0084.

Objetivo:

Identificar por meio de uma ferramenta de gestão causas de perdas de possíveis e potenciais doadores de órgãos e tecidos como oportunidades de melhorias no sistema de doação de órgãos e tecidos.

Método:

Estudo quantitativo, descritivo, desenvolvido em três hospitais no Sul do País, o qual utilizou um instrumento da Organização Nacional de Transplantes da Espanha para rastrear oportunidades de melhorias no cenário da doação de órgãos e tecidos. A coleta de dados foi realizada em prontuários de pacientes entre julho e outubro de 2017. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva.

Resultados:

Das 321 mortes ocorridas, 73% eram de coração parado e 27% de morte encefálica. Em todos os hospitais a porcentagem de morte encefálica foi superior a 25%. As causas das perdas envolvem alterações hemodinâmicas 78,3% e contraindicações médicas 21,7%, quanto a instabilidade hemodinâmica 33% relacionadas a hipotensão, poliúria 28% , sódio superior a 155mEq/l 22% e temperatura inferior a 35,5ºC em 17%.

Conclusão e Implicações para a prática:

As principais causas de perda envolvem a instabilidade hemodinânica e a contraindicação, no que se refere as oportunidades de melhorias foi possível mensurar as principais causas da não validação do potencial doador de órgãos. A ferramenta de gestão utilizada no estudo permite a equipe de saúde desenvolver estratégias direcionadas a problemas reais ocasionados nas etapas do processo de doação e transplante.

Palavras-chave : Transplante; Obtenção de Tecidos e Órgãos; Gestão em Saúde; Enfermagem; Indicadores de Saúde.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )