SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue3The unexpected meeting: the parents and the mentally deficient childPsychological tests: an analysis of the Brazilian scientific production between 2000 and 2004 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Ciência e Profissão

Print version ISSN 1414-9893

Abstract

FERREIRA, Elizelma Ortencio  and  CAPITAO, Cláudio Garcia. Agressividade e raiva: perfil de presidiários. Psicol. cienc. prof. [online]. 2006, vol.26, n.3, pp.462-477. ISSN 1414-9893.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932006000300010.

Este trabalho verificou diferenças entre o tipo de delito (furto, roubo, seqüestro, homicídio, latrocínio e outros) e os construtos agressividade e raiva por meio do Teste de Frustração de Rosenzweig (PF) e do Inventário de Expressão e Raiva em Estado e Traço (STAXI), respectivamente. Aplicaram-se ambos os testes em cento e vinte e cinco presidiários de uma penitenciária de segurança máxima do interior de São Paulo. A análise de variância ANOVA indicou que o grupo de seqüestradores apresenta, no STAXI, uma instabilidade muito grande entre os fatores relativos à raiva, enquanto os que não praticaram seqüestro têm uma estabilidade aparentemente maior. A diferença significativa para o fator intrapunitivo, no PF, mostrou que os indivíduos que cometeram furto reprimem menos a agressividade em situações de frustração, quando comparados àqueles que não cometeram tal delito.

Keywords : Agressividade; Avaliação psicológica; Perfil de presidiários; Raiva; Testes psicológicos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License