SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número3Avaliação de sistemas de irrigação por gotejamento, utilizados na cafeicultura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366versão On-line ISSN 1807-1929

Resumo

MINGOTI, Rafael; DUARTE, Sergio N.; MIRANDA, Jarbas H. de  e  CRUCIANI, Décio E.. Dimensionamento econômico de profundidades e espaçamentos de drenos para a produção de cana-de-açúcar. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2006, vol.10, n.3, pp.535-540. ISSN 1807-1929.  https://doi.org/10.1590/S1415-43662006000300001.

Com o aumento do preço da terra e da demanda por álcool/açúcar tem-se buscado o aumento da produtividade da cultura da cana e o aproveitamento de novas áreas para a produção, as quais podem necessitar de drenagem. Com isso, tornam-se importantes estudos de dimensionamento de sistemas de drenagem agrícola e sua avaliação econômica. O trabalho teve como objetivo avaliar economicamente, com o auxílio do modelo SISDRENA, a melhor combinação entre profundidade e espaçamento de valas, implantados em três tipos de solo, com condutividades hidráulicas de 1,0, 0,5 e 0,1 m d-1. As profundidades simuladas variaram de 0,20 a 2,00 m, com intervalos de 0,05 m, enquanto os espaçamentos oscilaram de 5 a 100 m, com intervalos de 5 m. Para os três tipos de solo obtiveram-se combinações que revelaram viabilidade econômica para implantação dos sistemas de drenagem. Os resultados indicaram que fatores como o déficit hídrico, a perda de área cultivada pela abertura de valetas e o retorno econômico do empreendimento, são aspectos importantes e devem ser considerados no dimensionamento do sistema de drenagem.

Palavras-chave : drenagem; modelagem; lençol freático.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons