SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número8Produção de sedimentos e infiltração de água no solo sob diferentes características de chuva simuladaCrescimento e clorofila em mudas de noni irrigadas com água salina em substrato com vermicomposto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366versão On-line ISSN 1807-1929

Resumo

BEZERRA, Marcio G. da S. et al. Atributos químicos do solo sob aplicação de água residuária da mandioca no cultivo de capim-marandu. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2019, vol.23, n.8, pp.579-585.  Epub 15-Jul-2019. ISSN 1807-1929.  https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v23n8p579-585.

Existe grande preocupação mundial quanto ao manejo de resíduos agroindustriais, envolvendo práticas sustentáveis que contribuam para aproveitar os resíduos como insumos em processos produtivos, possibilitando maior eficiência na integração das atividades agropecuárias e mitigando seus efeitos negativos sobre o solo. Assim, objetivou-se avaliar os efeitos da água residuária da mandioca sobre os atributos químicos do solo cultivado com Brachiaria brizantha cv. Marandu. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com cinco tratamentos (0, 15, 30, 60 e 120 m³ ha-1 de água residuária da mandioca) e quatro repetições. Para a caracterização dos atributos químicos do solo foram coletadas amostras nas profundidades 0 a 10 e 10 a 20 cm, para determinação dos teores de matéria orgânica do solo, fósforo disponível, potássio, sódio, cálcio e magnésio trocáveis antes e após a aplicação da água residuária da mandioca. A aplicação da água residuária da mandioca aumentou os teores de fósforo disponível e potássio trocável, e diminui os teores de cálcio e magnésio trocáveis, além de reduzir o teor de matéria orgânica do solo cultivado com capim-marandu. A água residuária de mandioca pode ser utilizada como fertilizante orgânico para pastos de capim-marandu com doses de até 120 m³ ha-1.

Palavras-chave : biofertilizante; macronutrientes; manipueira; fertilidade do solo.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )