SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número8Evolução e cenário atual da área irrigada no Brasil: Análise sistemática dos dadosDesempenho agronômico do feijoeiro-comum fertigado com esgoto sanitário tratado e adubação mineral índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366versão On-line ISSN 1807-1929

Resumo

SGARBOSSA, Carolina K.  e  VIRGENS FILHO, Jorim S. das. Estimativa da irradiância solar global diária a partir da temperatura do ar no Estado do Paraná, Brasil. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2020, vol.24, n.8, pp.512-519.  Epub 31-Jul-2020. ISSN 1807-1929.  https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v24n8p512-519.

A irradiância solar global é a fonte fundamental de energia na Terra. Apesar da sua importância, os dados de insolação ou irradiância solar raramente estão disponíveis em estações meteorológicas. Na ausência de dados disponíveis, há métodos empíricos que podem ser utilizados para estimar a irradiância solar. O estudo objetivou estimar os parâmetros e avaliar os desempenhos de quatro modelos empíricos de estimativa de irradiância solar diária (Chen, Hargreaves, Hunt e Richardson) a partir de dados de temperatura do ar para oito localidades do Estado do Paraná. Foram obtidos dados do Banco de Dados Meteorológicos para Ensino e Pesquisa (BDMEP). Para comparação de médias entre os modelos, foi utilizado o teste não-paramétrico de Kruskal-Wallis, e o teste de comparação múltipla de Dunn para analisar quais modelos apresentaram médias distintas entre si. O desempenho de cada modelo foi avaliado por meio dos índices: coeficiente de correlação de Pearson (r), erro médio de viés (MBE), raiz quadrada do quadrado médio do erro (RMSE), índice de concordância de Wilmott (d), índice de desempenho (c) e coeficiente de eficiência de Nash-Sutcliffe (NSE). Constatou-se que os modelos propostos por Chen e por Hunt apresentaram os melhores desempenhos na estimativa da irradiância solar global para as localidades paranaenses estudadas, por se aproximarem mais dos dados históricos observados.

Palavras-chave : modelos empíricos; calibração de modelos; horas de brilho solar.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )