SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3O corpo entre sintoma e culturaO exercício da função materna em mães de filhos obesos na perspectiva da psicanálise índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental

versão impressa ISSN 1415-4714versão On-line ISSN 1984-0381

Resumo

FONTELA, Cristina  e  DARNAUD, Thierry. Uma clínica possível com os doentes de Alzheimer. Rev. latinoam. psicopatol. fundam. [online]. 2015, vol.18, n.3, pp.445-460. ISSN 1984-0381.  https://doi.org/10.1590/1415-4714.2015v18n3p445.3.

Neste artigo, os autores mostram que uma psicoterapia de inspiração psicanalítica é possível com sujeitos institucionalizados e que apresentam uma demência do tipo Alzheimer. Ela se justifica ainda mais pelo fato de o sujeito ter sofrido perdas relacionais e de objetos libidinalmente investidos. O clínico procura se adaptar a um psiquismo com perturbações cognitivas, no qual os movimentos de transferência e contratransferência são maciços e têm um papel importante para a economia psíquica do sujeito. O acompanhamento das angústias maciças da pessoa idosa, autorizado pela posição clínica do psicoterapeuta, permitiu ao sujeito reinvestir a relação com o outro. Esse acompanhamento psicoterapêutico resultou em um sentimento de segurança e uma diminuição dos distúrbios psicocomportamentais de um sujeito que vivenciava um fenômeno de desrealização em razão dos distúrbios neurológicos ligados à idade.

Palavras-chave : Alzheimer; psicoterapia; transferência; contratransferência.

        · resumo em Francês | Inglês | Espanhol | Alemão | Chinês     · texto em Francês     · Francês ( pdf )