SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33Promotion of physical activities and healthy eating habits in Primary Care: maintenance of benefitsFactors associated with the consumption of fruits and vegetables by schoolchildren: a comparative analysis between 2007 and 2012 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Nutrição

Print version ISSN 1415-5273On-line version ISSN 1678-9865

Abstract

LEME, Ana Carolina BARCO; PHILIPP, Sonia Tucunduva  and  FISBERG, Regina Mara. Mudanças na qualidade da dieta em 6 e em 12 meses pós-intervenção: Hábitos Saudáveis, Meninas Saudáveis: estudo brasileiro. Rev. Nutr. [online]. 2020, vol.33, e190184.  Epub Aug 07, 2020. ISSN 1678-9865.  https://doi.org/10.1590/1678-9865202033e190184.

Objetivo

Determinar a sustentabilidade da qualidade da alimentação presente em uma estratégia de prevenção à obesidade para adolescentes do sexo feminino.

Métodos

Ensaio randomizado controlado com 253 meninas (Média=15.61, 95% Intervalo de confiança 15.51-15.72) matriculadas em 10 escolas técnicas de São Paulo. Por meio do “Questionário de Frequência Alimentar” a ingestão dietética foi determinada e analisada de acordo com os componentes de adequação, de moderação e de pontuação total do Índice da Qualidade da Dieta-Revisado. A ingestão dietética das adolescentes foi comparada na linha base, em 6 e em 12 meses após a intervenção. Estatística descritiva e análise de covariância foram utilizadas, considerando 5% do nível de significância.

Resultados

Houve um aumento significativo nos componentes das frutas totais (F=6.98, p<0.01), vegetais totais (F=5.76, p=0.02), feijões (F=5.96, p=0.02) e cereais integrais (F=12.35, p<0.001). Entretanto, houve expressiva redução para a pontuação dos componentes leite e derivados (F=6.48, p=0.02) e óleos (F=5.98, p=0.02). Aos 12 meses de pós-intervenção, foi encontrada melhora na pontuação total do Índice da Qualidade da Dieta-Revisado (F=3.89, p=0.05), porém redução para os componentes cereais integrais (F=11.85, p<0.001) e leites e derivados (F=6.38, p=0.02). Apesar de não haver significância para os componentes gorduras sólidas, açúcar de adição e álcool, o tamanho de efeito moderado foi revelado (d=0.56).

Conclusão

Foram identificadas mudanças significativas para alguns componentes da qualidade da alimentação e da pontuação total aos 6 e aos 12 meses pós-intervenção. Mudanças dietéticas sustentáveis devem ser o foco de programas de prevenção para adolescentes. Além disso, influências socioeconômicas nos comportamentos dietéticos também devem ser consideradas.

Keywords : Adolescentes; Dieta; Dieta saudável; Obesidade; Prevenção e controle; Ensaio clínico controlado aleatório.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )