SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue2PUBLIC AND PRIVATE ANTITRUST ENFORCEMENT FOR CARTELS: SHOULD THERE BE A COMMON APPROACH TO SANCTIONING BASED ON THE OVERCHARGE RATE?STARTUPS AND YOUNG INNOVATIVE FIRMS MERGERS & ACQUISITIONS: AN ANTITRUST DEBATE? LESSONS FROM THE ICT TECNO-ECONOMIC PARADIGM author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Economia Contemporânea

Print version ISSN 1415-9848On-line version ISSN 1980-5527

Abstract

LEANDRO, Tainá  and  GOMES, Victor. ESTIMANDO A DEMANDA POR BANDA LARGA NO BRASIL: UMA ANÁLISE POR MEIO DE MODELOS DE ESCOLHA DISCRETA. Rev. econ. contemp. [online]. 2019, vol.23, n.2, e192323.  Epub July 29, 2019. ISSN 1980-5527.  https://doi.org/10.1590/198055272323.

A análise empírica estima a demanda por banda larga fixa residencial no Brasil por meio do modelo de escolha discreta Nested Logit. Os resultados indicam que a demanda é elástica. A elasticidade preço da demanda é maior para os municípios que contam com mais de um grupo econômico ofertando banda larga. Esse resultado é intuitivo na medida que um monopólio precificará os serviços de banda larga por ele ofertados de forma a minimizar a competição entre planos pertencentes a uma mesma faixa. Assim, a habilidade de o consumidor responder a preços mais altos é minorada. Além disso, a oferta dos serviços de banda larga em pacotes triple play tem efeito positivo na participação de mercado naqueles municípios que contam com a presença de mais de um grupo econômico nesse segmento.

Keywords : concorrência; telecomunicações; banda larga; competição assimétrica; elasticidade da demanda.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )