SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue4Effectiveness of teacher training in a school for students with special needs using Hanen method principles: see, listen and waitPhonological acquisition in socio-economical high-class children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista CEFAC

Print version ISSN 1516-1846On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

RODRIGUES, Adriana Bonachela; YAMASHITA, Érica Tiemi  and  CHIAPPETTA, Ana Lúcia de Magalhães Leal. Teste de fluência verbal no adulto e no idoso: verificação da aprendizagem verbal. Rev. CEFAC [online]. 2008, vol.10, n.4, pp.443-451. ISSN 1982-0216.  https://doi.org/10.1590/S1516-18462008000400004.

OBJETIVO: verificar a aprendizagem verbal em indivíduos normais submetidos ao teste de fluência verbal, considerando idade, nível de escolaridade e sexo. MÉTODOS: indivíduos de 40 a 80 anos de idade, submetidos aos testes de fluência verbal semântica e fonológica, geradas em 1 minuto, realizado em dois momentos em 24 horas. RESULTADOS: na análise longitudinal dos dados obtidos na prova semântica (1º dia versus 2º dia) o G1 apresentou aprendizagem verbal em todos os níveis de escolaridade, com exceção de 9 a 12 anos. No G2 observou-se significância no nível de 0 a 4 anos de escolaridade. Na prova fonológica observou-se aprendizagem verbal no G1 para todos os níveis de escolaridade, exceto de 9 a 12 anos. E no G2 foi significante no nível de 5 a 8 anos de escolaridade. Na análise transversal dos dados (G1 versus G2) não foram encontrados resultados significantes na prova semântica e na fonológica observou-se significância apenas no 2º dia nos sujeitos de 0 a 4 anos de escolaridade. Na comparação entre os sexos para todas as combinações de grupo e dia na prova semântica o G1 apresentou dados significantes tanto no 1º quanto no 2º dia. CONCLUSÃO: verificou-se a ocorrência da aprendizagem verbal mais nos adultos que nos idosos em ambas as provas. Porém na comparação entre os grupos não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes, mas observou-se decréscimo na produção de palavras com o aumento da idade e diminuição do nível de escolaridade. Na comparação entre os sexos verificou-se melhor desempenho dos homens na prova semântica.

Keywords : Aprendizagem Verbal; Linguagem; Adulto; Idoso.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License