SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 suppl.2Relation between phonological awareness and phonological disorders in children in 1st grade of basic educationAutism: a transdisciplinary approach based on TEACCH program author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista CEFAC

Print version ISSN 1516-1846On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

SILVEIRA, Danielle Câmara; PASSOS, Leila Maria Avila; SANTOS, Priscila Carla dos  and  CHIAPPETTA, Ana Lúcia de Magalhães Leal. Avaliação da fluência verbal em crianças com transtorno da falta de atenção com hiperatividade: um estudo comparativo. Rev. CEFAC [online]. 2009, vol.11, suppl.2, pp.208-216. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462009000600011.

OBJETIVO: comparar o desempenho de indivíduos com TDAH e grupo controle, em provas de fluência verbal, na faixa etária de 7 aos 12 anos, sem déficit cognitivo. MÉTODOS: foram avaliadas 22 crianças com TDAH e 34 do grupo controle, estudantes de escolas públicas no Estado do Rio de Janeiro. Aplicou-se uma prova de fluência verbal, subdividida em avaliação da fluência fonológica e semântica, sendo utilizada a letra F na prova fonológica e a categoria Animais na prova semântica. Os testes de fluência verbal avaliam o número de palavras produzidas espontaneamente, de forma oral, no período de um minuto. Foram criados quatro intervalos de tempo de 15 segundos procurando estabelecer relação de palavras ditas em cada intervalo por cada grupo. Os participantes foram divididos por idade para facilitar a análise dos resultados. RESULTADOS: não houve diferença relevante entre os sexos. As médias de palavras nas provas fonológica e semântica foram comparadas. Os resultados da prova fonológica foram inferiores aos da semântica, tanto no grupo com TDAH, quanto no grupo controle. Verificou-se, entretanto que os grupos com TDAH e controle apresentaram valores similares nas provas semântica e fonológica, porém com períodos de latência diferentes. CONCLUSÃO: os desempenhos de indivíduos com TDAH em provas de fluência verbal fonológica e semântica foram similares aos do grupo controle, e os resultados superiores ocorreram na prova semântica quando comparados com a prova fonológica em ambos os grupos.

Keywords : Linguagem; Aprendizagem Verbal; Transtorno da Falta de Atenção com Hiperatividade; Criança.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License