SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número1Relação entre hábitos orais da infância e manobras espirométricasGanho de peso em recém-nascidos submetidos ao contato pele a pele índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

AMARANTE, Eduarda de Lima et al. Eletromiografia de superfície do músculo masseter em universitários com alto grau de ansiedade e disfunção temporomandibular. Rev. CEFAC [online]. 2018, vol.20, n.1, pp.44-52. ISSN 1982-0216.  https://doi.org/10.1590/1982-021620182017617.

Objetivo:

comparar a atividade elétrica dos músculos masseteres bilateralmente de acordo com a presença ou ausência de Disfunção Temporomandibular (TMD) em estudantes universitários com alto grau de ansiedade.

Métodos:

o estudo foi realizado com 31 acadêmicos de Fonoaudiologia, selecionados aleatoriamente, com idades entre 17 e 32 anos, sendo 61,3% (n=19) do sexo feminino e 38,7% (n=12) do sexo masculino, divididos em dois grupos, sendo o Grupo 1 (G1) composto por 11 estudantes com DTM e o Grupo 2 (G2) formado por 20 estudantes sem DTM. Para investigação da ansiedade os estudantes universitários responderam o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE), e para o diagnóstico de DTM, foram avaliados por meio do protocolo Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders (RDC/TMD). A avaliação da atividade elétrica muscular considerou os registros nas condições de repouso, Máxima Atividade Voluntária Sustentada (MAVS) e mastigação habitual (MH). Os dados foram analisados por meio do software IBM Statistical Package for Social Sciences (SPSS), versão 22. A estatística analítica foi realizada por meio do teste T de Student para comparação das médias entre os grupos. Os dados foram considerados significantes, quando o p-valor fosse inferior a 5%.

Resultados:

os graduandos, de ambos os grupos, apresentaram alto nível de ansiedade traço. Foram verificadas diferenças estatisticamente significantes para a porcentagem da atividade elétrica do músculo masseter direito na mastigação, bem como no recrutamento de fibras musculares na mastigação, as quais foram superiores no grupo sem DTM.

Conclusões:

universitários com DTM e alto grau de ansiedade apresentaram médias de atividade eletromiográfica do músculo masseter inferiores as do grupo sem DTM, na maioria das condições avaliadas, exceto para o masseter esquerdo em repouso e na mastigação.

Palavras-chave : Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular; Ansiedade; Estudantes; Eletromiografia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )