SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número1Ototoxicidade dos hidrocarbonetos presentes na gasolina: uma revisão de literatura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

SANTOS, Bianca Paixão; ANDRADE, Maria Jéssica Cunha; SILVA, Rafaelle Oliveira  e  MENEZES, Edênia da Cunha. Disfagia no idoso em instituições de longa permanência - revisão sistemática da literatura. Rev. CEFAC [online]. 2018, vol.20, n.1, pp.123-130. ISSN 1982-0216.  https://doi.org/10.1590/1982-021620182013817.

Verificar na literatura, por meio de uma revisão sistemática, as condições alimentares dos idosos matriculados em instituições de longa permanência, buscando observar os cuidados gerais e agentes potencializadores da disfagia nessa população, com o objetivo de revisar aspectos da disfagia e indicadores de risco na deglutição no idoso. Foi realizado um levantamento de artigos publicados a partir do ano de 2009, com os descritores “Instituição de longa permanência para idosos, Idoso e Transtornos de deglutição”, em português e inglês, nas fontes de pesquisa Scielo, PubMed e Lilacs. Foram levantados 423 artigos pesquisados na busca inicial, foram selecionados 13 que estavam em concordância com os critérios de inclusão adotados. Desses, 2 se repetiram em mais de uma fonte de pesquisa. Ao final, 11 artigos foram incluídos para análise e discussão. Foi observado que a maioria dos asilos não possuem estrutura adequada para tratar o idoso em caráter multidisciplinar. Em todos os trabalhos pesquisados ficou evidenciada a negligência com a higiene oral do idoso, o que potencializa o desenvolvimento de infecções pulmonares nos casos de microaspiração. Também foi observado, na literatura, a associação entre demência, dependência alimentar e aumento no tempo de alimentação, assim como a associação da utilização de medicamentos e interferência na dinâmica alimentar. Além disso, muitos trabalhos demonstraram que, apesar das estruturas do Sistema Estomatognático encontrarem-se alteradas devido ao próprio processo de envelhecimento, os idosos possuem as funções de fala, mastigação e deglutição adaptadas, não acarretando maiores prejuízos à saúde geral. Pode-se concluir que as instituições asilares não oferecem uma equipe adequada para o cuidado com o idoso, para diminuir os riscos para disfagia.

Palavras-chave : Instituição de Longa Permanência para Idosos; Idoso; Transtornos de Deglutição.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )