SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.123 issue5Continuous infusion of amphotericin B: preliminary experience at Faculdade de Medicina da Fundação ABCImplementing a clinical assessment protocol for sensory and skeletal function in diabetic neuropathy patients at a university hospital in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

FIGLIE, Neliana Buzi et al. Motivação para a mudança do comportamento de beber: diferenças entre pacientes usuários de álcool do ambulatório de gastroenterologia e do serviço especializado no tratamento do alcoolismo. Sao Paulo Med. J. [online]. 2005, vol.123, n.5, pp.223-228. ISSN 1806-9460.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802005000500005.

CONTEXTO E OBJETIVO: Para alguns pacientes que desenvolveram doenças físicas relacionadas ao consumo de álcool, a abstinência pode oferecer a melhor chance de sobrevivência. O objetivo deste estudo foi de investigar a motivação para tratamento em dois grupos de consumidores de álcool: pacientes do ambulatório de gastroenterologia e do ambulatório especializado no tratamento para alcoolismo. TIPO DO ESTUDO E LOCAL: Corte transversal, no hospital-escola do serviço público federal. MÉTODOS: A amostragem estudada foi de 151 pacientes do ambulatório de gastroenterologia e 175 do ambulatório especializado. A entrevista foi conduzida nos ambulatórios na primeira consulta ao serviço e consistiu em uma seção com dados demográficos e escalas que avaliaram qualidade de vida, dependência de álcool, padrão de consumo alcoólico, motivação para tratamento e conseqüências decorrentes do beber. RESULTADOS: Os resultados sugeriram que os pacientes do ambulatório de gastroenterologia eram menos dependentes do álcool, sofriam menos as conseqüências relacionadas ao consumo de bebidas alcoólicas e possuíam menos problemas mentais e emocionais quando comprados com os pacientes do ambulatório para tratamento do alcoolismo. Em relação aos estágios de mudança, os pacientes da gastroenterologia apresentaram maiores escores na precontemplação no início do tratamento e os pacientes do ambulatório especializado apresentaram escores maiores em contemplação, ação e manutenção. CONCLUSÃO: O tratamento médico pode ser uma razão para a abstinência temporária de álcool para os pacientes do ambulatório de gastroenterologia.

Keywords : Alcoolismo; Motivação; Gastroenterologia; Pacientes ambulatoriais; Determinação de necessidades de cuidados de saúde.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License